You are here
Home > Espiritualidade > Nossa Senhora > A Virgem de Guadalupe e seus sinais maravilhosos

A Virgem de Guadalupe e seus sinais maravilhosos

Graça da parte de Jesus Cristo, Nosso Senhor e Rei, e de Maria Santíssima, Nossa Mãe Imaculada e Rainha do Céu e da Terra.

Caríssimos, quero aqui dividir com vocês a grande alegria de meu coração em conhecer mais sobre a aparição de Nossa Senhora a São Juan Diego na Cidade do México, em 1531. Sim, ela não apareceu em Guadalupe naquele ano, já começa por aí! Sempre achei que o título de Nossa Senhora de Guadalupe dizia respeito a uma aparição de Nossa Senhora em Guadalupe.

Não irei aqui contar como aconteceu a aparição, acho que isso é até bem divulgado. O meu espanto, o que me levou a dar louvores a Deus são os detalhes. Os estudiosos chamaram aquela aparição de a “interculturalização perfeita”, pois Maria Santíssima falou de forma que os nativos e os espanhóis entendessem e mostrou a união desses povos. Como?

Guadalupe originalNo documentário que assisti, descreveram a imagem da Virgem como um Codex (livro de imagens) Asteca: tudo na imagem mostrava quem era aquela mulher, sem precisar de uma palavra. Nossa Senhora vestia-se como uma Imperatriz Asteca, trazia no peito uma fita roxa, que significa maternidade, e os cabelos soltos, que significam a virgindade. Até as flores do vestido têm um significado sublime para este povo e indicavam a magnanimidade do que ela trazia no ventre.

As estrelas no seu manto são um reflexo do céu daquele dia e até a lua era a que no céu estava. Detalhe: ela apareceu perto do meio dia! Mas os estudiosos descobriram que naquele momento assim estava o céu. Ela apareceu no solstício de verão. E naquele ano o calendário asteca marcava uma mudança de eras.

A feição de Nossa Senhora era mestiça e de uma serenidade e majestade que nenhum pintor conseguiu copiar. Em seus olhos encontraram algumas imagens… mas antes de falar disso quero falar sobre seu título de Guadalupe.

Foi Nossa Senhora que se identificou como A Senhora de Guadalupe ao tio de São Juan Diego. Algo que nada dizia aos nativos, mas que foi um alarde aos espanhóis. Guadalupe é um lugar na Espanha onde 200 anos antes Nossa Senhora pedira uma casinha. Um santuário muito importante para os espanhóis, onde, diz a história, estavam os reis espanhóis em retiro antes de decidirem por patrocinarem a navegação de Colombo. No início os espanhóis não gostaram desse título, aos nativos a chamavam “La Morenita”.

Agora a prova… Nos olhos da Virgem de Guadalupe várias imagens foram identificadas, entre elas o bispo, Juan Diego e as pessoas que ali estava quando Juan deixou cair seu manto e nele apareceu a imagem da Virgem. Mas aparecem também outras pessoas que ali não estavam… uma outra cena… E se buscarmos na história da aparição em Guadalupe podemos dizer que essas pessoas estranhas são aquelas do primeiro acontecimento em Cáceres, Espanha.

Alguns dos sinais da imagem de Guadalupe: figura de uma família nos olhos; a posição das estrelas no manto projetada como uma partitura
Alguns dos sinais da imagem de Guadalupe: figura de uma família nos olhos; a posição das estrelas no manto projetada como uma partitura

Magnifico, não?! E tem muito mais: um dos cientistas do documentário que assisti falou que a imagem tem um “Dom de Línguas”, pois fala a cada um em sua língua… até uma música um matemático encontrou na imagem… demais!!!! Uma música composta pelo céu!!!

E imagino que nem sabemos tudo!!! Meu coração rejubila de alegria com todas essas maravilhas e não podia deixar de dividir com todos vocês e convidá-los a se rejubilarem comigo!!!

Abaixo deixo alguns dos vídeos que assisti sobre o assunto e se alguém conhecer mais, deixe indicações de leitura nos comentários.

 

Idalíria Moraes
Idalíria Moraes
Idalíria é cofundadora da Comunidade Totus Mariæ.
Top