You are here
Home > Milagres > Rainha do Céu, alegrai-Vos! A saudação pascal a Nossa Senhora

Rainha do Céu, alegrai-Vos! A saudação pascal a Nossa Senhora

O Regina Coeli (Rainha do Céu) é a oração que se reza no lugar do Angelus durante o Tempo Pascal, desde aproximadamente o século XII. Esse belo costume foi estendido pelos franciscanos e chegou a toda a Igreja por disposição do Papa Bento XIV.

Considerada uma das mais belas expressões da alegria pascal, pelo Regina Coelis a Igreja se dirige a Nossa Senhora como Rainha e Senhora de toda criação, felicitando-a pela Ressurreição de seu Filho Jesus Cristo:

Rainha do Céu, alegrai-vos, Aleluia!
Porque quem merecestes trazer em Vosso puríssimo seio, Aleluia!
Ressuscitou como disse, Aleluia!
Rogai a Deus por nós, Aleluia!
Exultai e alegrai-vos, ó Virgem Maria, Aleluia!
Porque o Senhor ressuscitou verdadeiramente, Aleluia!

OREMOS: Ó Deus, que vos dignastes alegrar o mundo com a ressurreição do vosso Filho Jesus Cristo, Senhor nosso, concedei-nos que, por Sua Mãe Santíssima, a puríssima Virgem Maria, consigamos os inefáveis prazeres da vida eterna.
Pelo mesmo Jesus Cristo, Senhor Nosso. Amém!

Em latim (ver vídeo na coluna à direita):

Regina coeli, laetare, Alleluia.
Quia quem meruisti portare, Alleluia,
Resurrexit, sicut dixit, Alleluia.
Ora pro nobis Deum, Alleluia.
Gaude et laetare, Virgo Maria! Alleluia!
Quia surrexit Dominus vere! Alleluia!

Oremus: Deus, qui per resurrectionem Filii tui, Domini nostri Iesu Christi, mundum laetificare dignatus es: praesta, quaesumus; ut per eius Genetricem Virginem Mariam, perpetuae capiamus gaudia vitae. Per eundem Christum Dominum nostrum.
Amen.

Origem do Regina Coeli

A origem dessa oração é desconhecida, mas uma tradição a atribui a São Gregório Magno, Pontífice e Doutor da Igreja. Em 590 Roma tinha sido devastada por um transbordamento do rio Tibre, que causou alagamentos, fome e peste bubônica.

Suplicando a misericórdia divina, e em desagravo de uma profanação que teria acontecido na Igreja de Santa Águeda (onde algumas pessoas teriam colocado um ídolo sobre o altar), o Papa São

Ícone milagroso da Basílica de Santa Maria em Ara Coeli, Roma.
Ícone milagroso da Basílica de Santa Maria em Ara Coeli, Roma. Diz a tradição que foi pintado por São Lucas.

Gregório Magno ordenou uma procissão geral do clero e da população romana, formada por sete cortejos.

Diante do cortejo era levado o quadro da Virgem que chora, da igreja de Santa Maria em Ara Coeli, que segundo a tradição foi pintado pelo evangelista São Lucas. Quando a procissão chegava à ponte Aelia, que liga um castelo (antigo mausoléu do Imperador Adriano) à cidade, inesperadamente ouviu-se um coro que cantava, por cima da sagrada imagem: “Regina Coeli, laetare, Alleluia!” – “Rainha do Céu, alegrai-Vos, Aleluia!” -, ao qual São Gregório respondeu: “Ora pro nobis Deum, Alleluia!” – “Rogai por nós a Deus, Aleluia!”.

Nesse momento a peste começou a cessar. Erguendo os olhos, São Gregório viu sobre o alto do castelo um anjo exterminador que, após enxugar a espada, da qual escorria sangue, colocou-a na bainha, como sinal do cessamento do castigo. Como recordação, o castelo ficou conhecido com o nome de Sant’Angelo.

Em 1667, o Papa Clemente IX fez colocar sobre a torre mais alta do castelo uma imagem de São Miguel.

 

Bibliografia:

Totus Mariae
Totus Mariae
Comunidade Totus Mariae

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Top