You are here
Home > Formação > Eventos > A Eucaristia: a graça de um encontro imprevisível

A Eucaristia: a graça de um encontro imprevisível

A Paróquia Nossa Senhora do Carmo da Aclimação, em São Paulo, está com uma exposição aberta sobre a Eucaristia em dois finais de semana neste início da primavera de 2017: 23 e 24 de setembro, 30 de setembro e 1º de outubro.

Inicialmente feita na Itália, no evento chamado Meeting de Rimini, essa exposição foi traduzida por Padre Vando Valentini, pároco da Nossa Senhora do Carmo. Editada na Bahia, a exposição viajou por todos os Estados do Nordeste, depois esteve em Florianópolis, e agora chega a São Paulo.

A abertura da exposição contará com o testemunho de Marcelo Cavallari, escritor, tradutor e jornalista especializado em assuntos internacionais, que falará sobre sua experiência com a Eucaristia.

 

Ícone do encontro de Jesus com Zaqueu

A experiência de Zaqueu

Padre Vando explica que o tema da exposição está ligado a Zaqueu, cuja experiência com Jesus é narrada no Evangelho de São João. Jesus estava passando com uma multidão que O seguia e Zaqueu não conseguia vê-Lo porque era baixinho; para conseguir ver Jesus, ele sobe em uma árvore.

Quem era Zaqueu? Zaqueu cobrava os impostos do povo e depois pagava aos romanos. Era um publicano. Naquela época existiam dois tipos de pecadores públicos: as prostitutas e os publicanos – estavam no mesmo nível. Zaqueu era o chefe dos publicanos. Mas ele tinha uma curiosidade: queria ver Jesus. Essa curiosidade o salva.

Quando Jesus passa, olha para ele na árvore e diz: “Zaqueu, desce depressa, porque hoje vou ficar na tua casa”. Primeira coisa: Jesus olha para ele. Zaqueu se sente olhado. Normalmente, todo mundo olhava para ele e o julgava. Mas só Jesus conseguiu olhar pra ele e descobrir o desejo que ele tinha dentro do coração. Ele se sente olhado e acolhe esse olhar de Jesus, e o recebe na sua casa.

A ideia da exposição é que nós podemos receber Jesus na nossa casa através da Eucaristia. Nós podemos ser olhados por Jesus e acolhê-Lo na nossa casa, através da comunhão. Normalmente, nós participamos da comunhão, mas nem nos damos conta do sentido que ela tem. A ideia chave de toda a exposição é nos ajudar a entender o fato de que Jesus quer entrar na nossa casa.

 

As quatro seções da exposição

A exposição está dividida em quatro seções.

A primeira seção fala da indigência do homem, do fato que o homem carrega dentro de si um desejo infinito de felicidade, e somente Deus pode responder a esse desejo.

O tema da segunda parte da exposição é “Eu sou o Pão da Vida”. O Senhor que se oferece, que se torna pão, para nos salvar.

A terceira parte da exposição relembra a passagem do Evangelho, após a multiplicação dos pães, quando Jesus fala “Eu vos darei a minha carne para comer e o meu sangue para beber”. Quando os fariseus escutam essa palavra, eles ficam horrorizados, escandalizados, e começam a pensar que Jesus ficou louco. Todos vão embora e fica só Jesus com os doze. E Jesus pergunta: “Vocês também querem ir embora?” E Pedro responde: “Aonde iremos? Somente tu tens palavras de vida”, quer dizer, palavras que nos ajudam a viver, que nos fazem viver de maneira verdadeira.

A quarta e última parte da exposição fala que Deus continua presente entre nós: uma presença que começou com Jesus e continua presente até hoje. Por isso nesta última parte a exposição apresenta um pouco sobre a Igreja.

 

Texto baseado na transcrição do vídeo de apresentação da exposição:

 

Sobre a abertura da exposição, dia 23 de setembro de 2017:

 

Cartaz de divulgação:

Cartaz da Exposição sobre a Eucarisita - Paróquia N Sra do Carmo, Aclimação

Totus Mariae
Totus Mariae
Comunidade Totus Mariae

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Top