Atualidades Devoções Nossa Senhora

A consagração da América Latina a Nossa Senhora de Guadalupe

Nossa Senhora de Guadalupe foi declarada patrona da chamada Nova Espanha (que correspondia à América Central e América do Norte) em 25 de maio de 1754, pelo Papa Bento XIV.

Em 1910, São Pio X proclamou Nossa Senhora de Guadalupe como Padroeira da América Latina.

Em 1945, o Papa Pio XII deu-lhe o título de “Imperatriz da América”.

No dia 12 de abril de 2020 (Dia de Páscoa), o Conselho Episcopal Latino Americano (CELAM) convidou a um ato de consagração conjunto a Nossa Senhora de Guadalupe, “para pedir-lhe a saúde e o fim da pandemia, colocando-nos sob seu olhar amoroso nestes momentos difíceis, em que Ela pode abrir-nos as portas da esperança”.

No Brasil, o ato foi transmitido por meios de comunicação tradicionais e pela Internet. O texto está a seguir:


(Veja o vídeo da transmissão https://youtu.be/KP32i9oR7Qs?t=187 )

Santíssima Virgem Maria de Guadalupe, Mãe do verdadeiro Deus por quem se vive, nestes momentos em que, como Juan Diego, sentindo-nos “pequenos” e frágeis diante da enfermidade e da dor, elevamo-vos a nossa oração e nos consagramos a Vós.

Consagramo-vos os nossos povos, especialmente os vossos filhos mais vulneráveis: os anciãos, as crianças, os doentes, os indígenas, os migrantes, os que não têm um lar, aqueles que são privados da sua liberdade.

Acudimos ao vosso Imaculado Coração e imploramos a vossa intercessão: alcançai-nos do Vosso Filho a saúde e a esperança.

Que o nosso temor se transforme em alegria; que, no meio da tormenta, o Vosso Filho Jesus seja para nós fortaleza e serenidade; que Nosso Senhor levante a sua mão poderosa e detenha o avanço desta pandemia.

Santíssima Virgem Maria,
“Mãe de Deus e Mãe da América Latina e do Caribe, Estrela da nova Evangelização, primeira discípula e grande missionária dos nossos povos”, sede fortaleza dos moribundos e consolo dos que choram, sede carícia materna que conforta os doentes; e, para nós, Mãe, sede presença e ternura, em cujos braços todos encontremos segurança.

Da vossa mão, permaneçamos firmes e inabaláveis em Jesus, Vosso Filho, que vive e reina por todos os séculos dos séculos.

Amém.


Referências: